TOP 5 | Citações favoritas do livro A Cor Púrpura

A Cor Púrpura traz uma história que é, ao mesmo tempo, triste e inspiradora. Retrata muitos momentos difíceis, doídos. Momentos de abuso, sofrimento e desesperança. Mas, por outro lado, mostra muitos momentos de aprendizado, de construção. De se descobrir no mundo, se permitir.

Nos faz pensar também sobre preconceito, machismo, perdão, fé. E tudo de um jeito muito natural, sem impor nada ao leitor. Além de reflexões sobre o processo de se descobrir mulher e sobre sororidade — que é a união, a empatia, o companheirismo entre as mulheres.


Se tiverem oportunidade, não pensem duas vezes, leiam. Por mais que seja uma história sofrida ela também é capaz de nos ensinar muito sobre a vida e sobre nós mesmos. Abaixo compartilho com vocês as minhas 5 frases favoritas desse livro.

  1. Ah, Celie, A incredulidade é uma coisa terrível. Como também é o mal que fazemos aos outros sem saber.

  2. Existem tantas coisas que nós não compreendemos. E tanta infelicidade acontece por causa disso.

  3. Tem vez que eu morro de raiva dela. Sinto queu bem que pudia arrancar os cabelo da cabeça dela. Mas aí eu penso, a Shug tem o direito de viver também. Ela tem o direito de ver o mundo em qualquer companhia que ela escolher. Só porque eu amo ela, num tira nenhum dos direito que ela tem.

  4. E eu num podia entender porque a gente vive se tudo que a vida faz na maior parte do tempo é fazer a gente se sentir mal.

  5. Deus tá dentro de você e dentro de todo mundo. Você vem pro mundo junto com Deus. Mas só quem procura essa coisa lá dentro é que encontra. (...) Uma coisa? eu perguntei. É. Uma coisa. Deus num é homem, nem mulher, mas uma coisa. Mas como? eu perguntei. Num é como nada, ela falou. Num é um show de cinema. Num é uma coisa que você pode ver separado de tudo o mais, incluindo você. Eu acredito que Deus é tudo. Tudo que é ou já foi ou será. E quando você consegue sentir isso, e ficar feliz porque tá sentindo isso, então você encontrou ele.

As palavras escritas de forma errada estão assim no livro, pois a personagem escreve da forma como fala. E, caso queira conhecer melhor a história desse livro assista ao vídeo abaixo onde compartilho minha experiência com essa leitura.

A Cor Púrpura, de Alice Walker

Título: A cor púrpura
Autora: Alice Walker
Tradução: Betúlia Machado, Maria José Silveira e Peg Bodelson
Páginas: 336
Editora: José Olympio

Obrigada por acompanhar o canal e o blog. Qualquer dúvida ou sugestão deixe nos comentários ou me encontre nas redes sociais.



Até o próximo post!
Amanda Azevedo

0 comentários:

Postar um comentário