Suprema, de Danilo Morales

Suprema é um livro de terror nacional do escritor e cineasta Danilo Morales; membro da ABERST (Associação Brasileira dos Escritores de Romance Policial Suspense e Terror) e criador do Festival POE de cinema fantástico de São José dos Campos.

A história do Suprema começa com a protagonista, Nina, chegando em São José dos Campos, lugar em que espera ter a oportunidade de recomeçar sua vida e ascender de classe. Acontecimentos um tanto traumáticos a fizeram deixar sua cidade natal, pois tendo sofrido abusos, a vítima acaba se tornando a culpada aos olhos de uma sociedade machista — e aos olhos, inclusive, de sua própria família.

Recém chegada em São José dos Campos, Nina se hospeda em um hotel barato e consegue emprego em uma lanchonete. E ali, atendendo clientes, acaba conhecendo Angelique, com quem, depois de um tempo, passa a dividir o apartamento. Angelique abre não só as portas de sua casa para Nina, ela abre também um novo mundo de possibilidades quando a introduz a Wicca.

E é a partir daí que história cresce, pois ao conhecer a magia, Nina resgata traumas do passado e concentra toda sua energia em se vingar daqueles que considera culpados por todo sofrimento que viveu. Ignorando o alerta que sempre recebeu de Angelique: “Tudo aquilo feito para o bem ou para o mal volta triplicado”; Nina se envolve com o lado mais obscuro da magia e fica obcecada em causar sofrimento a todos que a fizeram sofrer. Passando por cima de tudo e todos que se colocarem em seu caminho.

Um dos pontos altos da leitura - pra mim - foi compreender melhor as decisões por trás das ações dos personagens. O autor consegue construir muito bem a personalidade deles ao nos apresentar suas histórias de vida. Além de conseguir inserir pontos para discussão muito válidos como internação manicomial, eutanásia e comportamentos machistas incrustados na sociedade.

Minha única crítica a esse livro diz respeito à revisão, pois algumas construções de frases ficaram confusas. Em alguns momentos precisei ler mais de uma vez para entender o que realmente estava acontecendo. Se essas frases fossem reformuladas e reestruturadas a mensagem chegaria ao leitor de forma mais eficaz.

Suprema traz uma história de terror e suspense com uma narrativa instigante, envolvente e surpreendente. Várias atitudes da protagonista me pegaram de surpresa, não esperava que ela fosse capaz de certos atos. O passado da Nina já é assustador por si só e os elementos sobrenaturais aumentam ainda mais a aura perturbadora dessa história; me fez perder o sono por algumas noites. E traz um final que permite ao leitor se questionar se poderá encontrar alguns dos personagens em uma nova história.

A leitura desse livro nos mostra como pode ser difícil deixar acontecimentos do passado para trás. Muitas vezes o ódio e o desejo de vingança falam mais alto e, até podemos conseguir o que desejamos, mas há sempre um alto preço a ser pago por isso; nos resta saber se estamos dispostos a correr o risco.

VÍDEO RESENHA




Obrigada por acompanhar o canal e o blog. Qualquer dúvida ou sugestão deixe nos comentários ou me encontre nas redes sociais.


Essa postagem possui conteúdo patrocinado. Todas as opiniões são pessoais e honestas.

0 comentários:

Postar um comentário